Image Map

Minha Rotina

Acordei as 06h00min AM, não conseguir nem abrir os olhos, pensei vou dormir mais um pouquinho, quando abrir os olhos novamente, “Putz” - pensei. Estou mega atrasada era 07h10min AM, e o ônibus passava as 07h30min, minha salvação foi que meu pai me deu uma carona até o SENAI.
Vestir roupa correndo, calcei as botas de proteção, passei um lápis e um brilho básico e sai correndo. Ao chegar ao curso, tive aula de Elétrica Prática, sinceramente a primeira matéria que estou gostando do meu curso (Manutenção Industrial), estudei sobre eletromagnetismo, amoh *-*
No intervalo comecei a conversar com dois amigos meus Taynara e Robson, e eles me disseram que as inscrições para o SENAI eram até amanhã dia 18/11/2010, então resolvi me inscrever para o processo seletivo, só que em Contagem outra cidade bem distante da minha.
Quando estávamos no ponto para embarcar no ônibus que nos levaria até o outro ponto perto do Carrefour, pelo stress e falta de atenção pegamos um ônibus para Sarzedo, outra cidade totalmente diferente, na hora que o ônibus estava saindo do ponto, percebemos nossa burrice e pedimos para descer, perdemos dinheiro de uma passagem R$ 3,20 multiplicado por três.
Então pegamos o ônibus certo, e na hora de descer no ponto correto, eu sem perceber como sempre, bati a cabeça no ferro do ônibus, ficou um galo bem bonitinho.
Saímos correndo para pegar o próximo ônibus. Embarcamos até ai tudo certo, fomos parar lá no fim de mundo e fizemos cada um a nossa inscrição, eu e o Robson fizemos para Eletroeletrônica e a Taynara para Usinagem Mecânica. Voltamos tudo certo também, nunca fiquei tão feliz por não ter me perdido. Rs
Na volta resolvemos passar no Carrefour, ai que ódio, tava sem um tustão furado, fiquei babando nas mercadorias e não deu para comprar nada. Voltamos para o ponto, e assim foi à hora de despedida, Peguei o ônibus para Juatuba e os outros pegaram para Igarapé, fiquei muito feliz por não ter mofado no ponto de ônibus, pois não esperei nem um minuto. Mas como dizem alegria de pobre dura pouco, peguei uma droga de engafamento, fiquei 3 horas dentro de um ônibus, (isso foi que o cara me disse, porque eu estava apagada), num calor danado. Quando acordei e olhei para minha bolsa, lembrei que havia perdido meu celular, fiquei louca à procurar, depois de choros, soluços e coisas do tipo percebi que estava no meu bolso. Cheguei na minha casa, com uma dor de cabeça, no meio do banho acaba a luz, e saio correndo para escola a noite.
Concluindo esse meu dia, foi um quase desastre, mas valeu a pena pois o tempo todo passei com meus amigos, e eu sei, que amanhã teremos muita história para contar. Quer dizer hoje, neh?

Beijos, depois eu respondo os comentários

10 comentários:

  1. Uma odisséia esse teu dia hein? Mas dias como esses q em outros nos fazem dar muitas risadas.

    ResponderExcluir
  2. Oiii, estou seguindo, adorei seu blog!!!
    Se puder me segue:
    http://so9phia-myworld.blogspot.com/

    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Dia cheio, ein?
    Mas nunca é em vão mesmo.
    Por mais que tenham coisas ruins durante o dia, sempre aprendemos algo.

    Hm... e por que não é mais evangélica?
    Não gosto muito de nomear, sabe? Mas as vezes é preciso ^^'

    ResponderExcluir
  4. O que importa é passar o tempo com quem amamos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oie!
    Amei seu blog e já sigo! Me segue também e manda um comentário!!
    Ah segue a minha amiga e comenta também??!!
    Blog dela>> dicasdacereja.blogspot.com
    Beijos!!!


    http://coisassoparameninasfofis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. HAHAHAHA
    Juro que ri muito com o teu post! Adorei mesmo e me identifico super contigo.. Vivo batendo nas coisas, perdendo celular e encontrando em lugares óbvios, sem contar que eu sempre me perco quando saio de casa! kkkk

    Post novo no meu blog, passa lá :D
    Beijinho.

    ResponderExcluir
  7. Conheça a melhor Lista Telefônica do Litoral. Acesse www.SUALISTA.com.br e saiba mais!

    ResponderExcluir

Seja Bem-vindo ao Cidade Literária
Seu comentário é fundamental para o crescimento deste blog. Então, você aceitaria uma xícara de chá?

 
© Cidade Literária - 2006. Todos os direitos reservados.
Criado por: Camila Locatelli.
Tecnologia do Blogger.